O MISTÉRIO DE DEUS


DEUS!
Nome forte e poderoso! Será que Ele realmente existe? Se sim, quem ou o que é Ele? Ele é realmente único? Onde Ele mora? Como encontra-lo? Se Ele é tão bom e nos ama tanto como dizem os religiosos, por que então permite tanto sofrimento? Será que só a Bíblia afirma Sua existência, ou a ciência também nos dá evidências de que Ele existe? Buscaremos estas respostas aqui...
Biblicamente é fácil provar a existencia Divina, pois afinal, ela O relata do iníco ao fim. Mas muitas dúvidas há em relação ao Todo-poderoso, por exemplo, a própria Bíblia diz: "Pois há um só Deus e um só mediador entre Deus e os homens: o homem Cristo Jesus" (I TIMÓTEO 2:5 NVI); "Contudo, o mediador representa mais de um; Deus, porém, é um.(GÁLATAS 3:20 NVI); "um só Deus e Pai de todos, que é sobre todos, por meio de todos e em todos." (EFÉSIOS 4:6 NVI); "Você crê que existe um só Deus? Muito bem! Até mesmo os demônios crêem — e tremem!" (TIAGO 2:19 NVI). Estes quatros versículos e muitos outros na Bíblia, afirmam claramente que Deus é um só; contudo os seguintes textos: "Então disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança. Domine ele sobre os peixes do mar, sobre as aves do céu, sobre os animais grandes de toda a terra e sobre todos os pequenos animais que se movem rente ao chão". (GÊNESIS 1:26 NVI); E disse o Senhor: "Eles são um só povo e falam uma só língua, e começaram a construir isso. Em breve nada poderá impedir o que planejam fazer. Venham, desçamos e confundamos a língua que falam, para que não entendam mais uns aos outros." (GÊNESIS 11:6-7 NVI); "Portanto, vão e façam discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo" (MATEUS 28:19 NVI); podemos observar o próprio Deus usando pronomes e verbos conjugados no plural: "nossa", "Façamos", "Venham", "desçamos", "confundamos" (respectivamente), e no último versículo apresentado acima, Jesus Cristo mesmo, menciona três pessoas: "Pai", "Filho", "Espírito Santo" (respectivamente); afinal, que mistério é este? Deus é só um ou três?
Como a Bíblia nâo menciona a palavra "Trindade" e afirma repetidas vezes que Deus é um só, muitos acreditam que a Santíssima Trindade não exista e que de fato, Deus é divindade única; tais pessoas explicam os pronomes e verbos conjgados no plural (citados acima), como uma ênfase à magestade Divina, seria como se chegásseos à presença de um único rei e em vez de o cumprimentar dizendo "sua magestade" (no singular), disséssemos "vossa magestade" (no plural), como usualmente ocorre. Todavia, só porque a Bíblia não mencona a palavra Trindade, não significa que tal não exista, pois no último versículo bíblico citado acima, o próprio Jesus Cristo menciona explicitamente os nomes de três Divindades e estas mesmas três Divindades se manifestam distintamente na ocasião do batismo de Jesus Cristo: "Naquela ocasião Jesus veio de Nazaré da Galiléia e foi batizado por João no Jordão. Assim que saiu da água, Jesus viu os céus se abrindo, e o Espírito descendo como pomba sobre ele. Então veio dos céus uma voz: Tu és o meu Filho amado; em ti me agrado."  (MARCOS 1:9-11 NVI); aqui pode-se observar evidentemente, uma divindade em forma humana sendo batizada - O Deus Filho (Jesus Cristo) - uma outra divindade descendo sobre Ele em forma de pomba - O Deus Espirito Santo - e outra Divindade, cuja voz foi ouvida do céu - O Deus Pai.
Ao analisarmos biblicamente o relacionamento interpessoal entre estes três Deuses, percebemos os Três trabalhando juntos na criação do mundo e dos seres humanos; os Três juntos impedindo a construção da torre de Babel; o Filho em forma humana neste mundo, trabalhando com poder que vinha do Espírito Santo na salvação da humanidade, mas glorificando com isto, o Pai. Podemos assim concluir que de acordo com a Bíblia, existem três Divindades distintas, mas tão unidas, como um só Deus em propósito, amor, poder e ação.
Mas aqui temos uma nova indagação, é Jesus Cristo, também Deus? Se a Bíblia relata que Ele nasceu como os seres humanos nascem, sentiu fome, cede e fadiga, como sentem os seres humanos e até morreu como acontece com as criaturas deste planeta, até mesmo a Bíblia o chama de homem, como lemos no primeiro versículo acima apresentado (neste tema), como então podemos afirmar que Jesus é Deus? Deus não é Eterno, Poderoso e Imortal? Este é sem dúvida um mistério curioso... um homem/Deus! Sobre isto a Bíblia Sagrada diz o seguinte: "No princípio era aquele que é a Palavra. Ele estava com Deus, e era Deus. Ela estava com Deus no princípio. Todas as coisas foram feitas por intermédio dele; sem ele, nada do que existe teria sido feito. Nele estava a vida, e esta era a luz dos homens. Aquele que é a Palavra tornou-se carne e viveu entre nós. Vimos a sua glória, glória como do Unigênito vindo do Pai, cheio de graça e de verdade." (JOÃO 1:1-4, 14 NVI); releia atentamente estes versículos e se pergunte: quem estava no princípio com Deus? Pela palavra de quem, o mundo foi criado? Quem tem vida e a deu, por meio da Sua Palavra, até mesmo aos mortos fazendo-os revivier? Somente sendo Deus para ter Palavra tão poderosa! Como lemos no versículo 1 do texto acima, "aquele que é a Palavra (...) estava com Deus, e era Deus." assim temos confirmado que esta Palavra, refere-se a uma Divindade que estava junto com Outra; este Deus com quem estava a outra Divindade aqui chamada de "Palavra", seria o próprio Deus Pai, e este outro Deus que é a Palavra, diz o versículo 14 do texto acima, que Ele "tornou-se carne e viveu entre nós." então alguém igual a Deus e que é também Deus, se transformou em um ser humano, vindo habitar entre nós humanos? Sim, é isto mesmo que a Bíblia diz. E este mesmo versículo ainda continua, afirmando o seguinte: "Vimos a sua glória, glória como do Unigênito vindo do Pai, cheio de graça e de verdade."
ora, se a humanidade viu a Deus em forma humana, com glória vinda do unigênito do Pai, logo não há dúvidas de Quem estamos falando, certo? Assim não temos dúvida de que Jesus era ao mesmo tempo Deus e humano, Ele já existia antes mesmo da criação do mundo, mas em dado momento da história transformou-Se em ser humano, inclusive nascendo e crescendo como humano, depois morreu e ressussitou a fim de nos resgatar do pecado e nos garantir o direito de salvação e vida eterna "Porque Deus tanto amou o mundo que deu o seu Filho Unigênito, para que todo o que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna." (JOÃO 3:16 NVI), depois voltou ao céu, assumindo novamente sua posição totalmente Divina e imortal.
Bem! Não é preciso esforço para provar que Deus existe de acordo com a bíblia, pois afinal, isto é tão natural aos escritores da bíblicos, que eles nem se preocupam em provar a existencia de Deus, simplesmente relatam Sua atuação na história e Seu relacionamento com a humanidade.
Agora, do ponto de vista científico... dizem que não é possível colocar a Deus em um Microscópio (talvez porque seja muito grande para caber em um), mas conta-se que certa vez um homem viu um menino lendo a Bíblia e lhe perguntou: "- você acredita mesmo nisto? Olhe ao redor e me diga onde Deus está..." o menino olhou ao redor e respondeu: "- olhe o senhor ao redor e me diga onde Deus não está..." observe a natureza, as diversas formas de vidas animais e vegetais, note como tudo trabalha organizadamete, estude o organismo humano, quanta complexidade! Dá para dizer que tudo isto é obra do acaso? Como é possível o cérebro pensar? Percebe como é inegável a atuação de uma inteligência superior regendo tudo isto?
Bíblicamente sabemos que Deus mora no Céu, não meramente este céu que vemos, mas sim em outro Céu que não podemos ver, não se sabe a distância da Terra até lá, talvez não seja tão longe, mas não o podemos ver, pois é um local santo e nossa sitação pecaminosa não nos permite tanto, embora tenhamos o seguinte relato bíblico de Paulo: "Todavia, como está escrito: 'Olho nenhum viu, ouvido nenhum ouviu, mente nenhuma imaginou o que Deus preparou para aqueles que o amam'; (I CORINTIOS 2:9 NVI); "Em verdade que não convém gloriar-me; mas passarei às visões e revelações do Senhor. Conheço um homem em Cristo que há catorze anos (...) foi arrebatado ao terceiro céu. E sei que o tal homem (...) Foi arrebatado ao paraíso; e ouviu palavras inefáveis, que ao homem não é lícito falar." (II CORÍNTIOS 12:1-4 ACRF). Mas ao estudarmos a Bíblia e repararmos os feitos Divinos na Natureza, percebemos que Ele não habita em um só lugar por vez, como nós; ao contrário de nós, Ele pode estar em todos os lugares ao mesmo tempo... algo intrigante não acha? Nossa mente limitada está incontvelmente aquém da capacidade de compreender isto! Para Deus não existe limite... "E Jesus, olhando para eles, disse-lhes: Aos homens é isso impossível, mas a Deus tudo é possível." (MATEUS 19:26 ACRF).

LEGENDAS
Citação de textos bíblicos.
Citação de palavras ditas por Deus (seja Pai, Filho ou Espírito Santo) na Bíblia.
NVI - Nova Versão Internacional (tradução bíblica).
ACRF - Almeida Corrigida e Revisada Fiel (tradução bíblica).

REFERENCIAS
A Bíblia Sagrada.

Muitíssimos são os textos bíblicos que nos revela o incoparável amor de Deus, vamos citar somente alguns com exemplo: "Mas pela tua grande misericórdia os não destruíste nem desamparaste, porque és um Deus clemente e misericordioso." (NEEMIAS 9:31 ACRF); "Piedoso é o SENHOR e justo; o nosso Deus tem misericórdia." (SALMOS 116:5 ACRF); "Louvai ao SENHOR, porque ele é bom; porque a sua benignidade dura para sempre" (SALMOS 136:1 ACRF)... mas se Ele é tão bom, por que permite tanto sofrimento e morte? Tenha certeza de que nunca foi da vontade Divina que o mal nos sobreviesse, nunca foi propósito Divino que sofrêssemos; mas este é um assunto que trataremos em outro momento.

*Deus abençoe a todos!

10 comentários:

  1. muito boa essa explicação, vocês estão de parabéns, tudo foi muito esclarecedor e enriqueceu os meus conhecimentos sobre Aquele que amo!!!

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  3. Muito Bom Esse Estudo , Gostei Legal !

    ResponderExcluir
  4. Quando Deus diz: Desçamos, façamos e confundamos, ele está chamando a seu filho que foi conhecido mais tarde como Jesus. Jesus, o filho de Deus sempre existiu nos céus com Deus, sendo mandado mais tarde a terra como homem. Quanto Deus ser benigno e deixar que coisas ruins aconteçam, se dá ao fato de Deus ter consentido ao homem o livre harbitrio. O homem não pode culpar Deus de alguma escolha que ele mesmo fez e resultou em algo ruim. Devemos saber que o que o homem planta, isso tb colhera. Deus é bom mas também é justiça.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isto mesmo! Mas considerando todo o conteúdo exposto no texto acima, sobre este tema, principalmente em relação à unidade das divindades, é razoavel incluir-se também o Espírito Santo em: "Desçamos", "façamos" e "confundamos"...

      Excluir
  5. O MAIOR MILAGRE DE JESUS CRISTO FOI O TEU EVANGELHO.O TEU ENSINAMENTO DE AMOR CARIDADE,E PERDÃO ISSO É DEUS NÃO TEM MISTERIO NEM UM POR QUE TODOS QUE PRATICAR ESTA LÉ E CRÉ SABE QUEM ÉDEUS

    ResponderExcluir
  6. Explicação absurda sobre a Trindade!

    Estou lendo o texto que mas confesso tenho problemas com essas traduções atuais que não mostram o verdadeiro sentido do texto. Ou melhor o corrompem.

    Por exemplo, eles traduzem João dizendo "No princípio era aquele que é a Palavra. Ele estava com Deus, e era Deus." Quando na verdade está escrito: João 1:1: "No princípio era a palavra, e a palavra estava com Deus, e Deus era a palavra." Se vc observar o sentido é diferente
    Veja isto: a.que.le, masculino

    pessoa ou coisa de gênero masculino que está distante do interlocutor e do ouvinte, por oposição a este e a esse ( Wikipedia)

    Esta ideia não está presente no texto grego!

    A partir daí as besteiras realmente tomam conta: ideia de 3 Deuses. Isto não é correto, pois Deus é um só, mas em 3 pessoas, uma trindade 3 manifestações e portanto chamar de 3 Deuses ou 3 divindades é absurdo. Há um só Deus, uma única divindade, não 3 !

    Eta tempos complicados os atuais.


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ιω 1:1: "Ἐν ἀρχῇ ἦν ὁ Λόγος, καὶ ὁ Λόγος ἦν πρὸς τὸν Θεόν, καὶ Θεὸς ἦν ὁ Λόγος."

      Excluir