O DOM DE LÍNGUAS

O que é de fato o dom línguas? Donde provém? Será mesmo o Espírito Santo quem se manifesta e faz as pessoas ficarem como fora de si, falando em língua tão estranha que ninguém, nem mesmo quem fala, consegue entender e nem ao menos se lembrar do que disse? O que a Bíblia diz sobre isto?

Consideremos as palavras Divinas registradas na Bíblia: "Deus os abençoou e lhes disse: frutificai e multiplicai-vos; enhei a terra, e sujeitai-a..." (GÊNESIS 1:28 p.p.), após haver Deus criado o planeta e também os seres vivos existentes nele, incluindo os seres humanos, deu ao casal humano esta ordem, de se reproduzirem e se espalharem pela terra, para cuidarem do planeta. Esta mesma ordem foi repetida após o dilúvio, quando o planeta foi todo devastado por causa do pecado, precisava ser repovoado e cuidado, então Deus, novamente ordena à única família humana que restara: "Mas vós frutificai, e multiplicai-vos; povoai abundantemente a terra, e multiplicai-vos nela." (GÊNESIS 9:7); mas conforme a humanidade foi aumentando novamente, esta ordem Divina foi desacatada... "Então disseram: Vinde, edifiquemos para nós uma cidade e uma torre cujo cume toque no céu, e façamo-nos um nome, para que não sejamos espalhados sobre a terra." (Gênesis 11:4); lembremos que até então, todos os seres humanos do planeta falavam um mesmo idioma. "Ora, a terra toda tinha uma só língua, e uma só maneira de falar." (Gênesis 11:1), nem é preciso dizer que Deus se desagadou disto e interviu, como lemos: "Mas desceu o Senhor para ver a cidade e a torre que os filhos dos homens edificavam. Disse o Senhor: O povo é um e todos têm uma só língua. Isto é o que começaram a fazer; agora não haverá restrição para tudo o que eles intentarem fazer. Vinde desçamos, e confundamos ali a sua linguagem, para que não entenda um a linguagem do outro. Assim o Senhor os espalhou dali sobre a face de toda a terra, e cessaram de edificar a cidade. Por isso se chamou o seu nome Babel, porque ali confundiu o Senhor a linguagem de toda a terra, e dali os espalhou o Senhor sobre a face de toda a terra." (GÊNESIS 11:5-9); assim surgiram idiomas diferentes; imaginemos esta cena, todos falando uma só língua e intentando se aglomerar num mesmo lugar, mas bastou Deus confundir a língua deles, e tiveram que se espalhar, pois não se entendiam, podemos imaginar grupos que falassem um mesmo idioma se unindo e indo para uma direção, outro grupo que falava um idioma diferente indo para outra direção, e assim foram se espalhando por toda a terra, até que toda a terra fosse povoada, cumprindo o propósito Divino. Daí podem ter surgido também, as diversidades de culturas.
Mas o fato que realmente marca o dom de línguas na Bíblia é o seguinte: "Cumprindo-se o dia de pentecoste, estavam todos reunidos no mesmo lugar. De repente veio do céu um som, como de um vento impetuoso, e encheu toda a casa onde estavam assentados. E viram línguas repartidas, como que de fogo, as quais pousaram sobre cada um deles. Todos foram cheios do Espírito Santo, e começaram a falar em outras línguas, conforme o Espírito Santo lhes concedia que falassem. Em Jerusalém estavam habitando judeus, homens religiosos, de todas as nações que estão debaixo do céu. Correndo aquela voz, ajuntou-se uma multidão, e estava confusa, porque cada um os ouvia falar na sua própria língua. E todos pasmavam e se maravilhavam, perguntando uns aos outros: Não são galileus todos esses homens que estão falando? Então, como é que os ouvimos, cada um, na nossa própria língua nativa? Partos, medos e elemitas e os que habitavam na Mesopotâmia, Judéia e Capadócia, Ponto e Ásia, Frígia e Panfília, Egito e partes da Líbia perto de Cirene, Forasteiros romanos, tanto judeus como prosélitos, cretenses e árabes - todos os temos ouvido em nossas próprias línguas falar das grandezas de Deus. Todos se maravilhavam e estavam perplexos, perguntando uns aos outros: Que quer dizer isto?" (ATOS 2:1-12). Notemos que os doze apóstulos começaram a falar em línguas diferentes, conforme o Espírito Santo lhes concedia, porém não era uma língua estranha que ninguém entendia, ao contrário, o relato bíblico é claro em dizer que cada povo ali representado ouvia os apóstulos pregarem, cada um no seu próprio idioma, ou seja, mesmo com tantos povos de tantas regiões diferentes e com idiomas diferentes, todos entendiam muito bem o que os apóstulos falavam. A confusão e perplexidade causada na multidão, conforme menciona o relato bíblico, não era por não entenderem o que os apóstulos pregavam, mas sim, por entenderem cada um no seu próprio idioma, mesmo tendo os apóstulos um mesmo idioma; situação muito adversa ocorre nas igrejas contemporâneas, que dizem falar em línguas estranhas como sendo este o dom do Espírito Santo, pois a Bíblia cita várias ocasiões em que Seres Celestiais, incluindo o Espírito Santo, falaram com seres humanos, e o que ocorreu, foi muito deferente, vejamos alguns destes exemplos: "Mas chamou o Senhor Deus ao Homem, e lhe perguntou: Onde estás? Ele Respondeu: Ouvi a tua voz no jardim e tive medo, porque estava nú, e escondi-me. Perguntou-lhe Deus: Quem te mostrou que estavas nú? Comeste da árvore que te ordenei que não comesses? Disse o homem: A mulher que me deste por companheira deu-me da árvore, e eu comi. Então disse o Senhor Deus à mulher: Que é isto que fizeste? Respondeu a mulher: A serpente me enganou, e eu comi." (GÊNESIS 3:9-13); "E caindo por terra, ouviu uma voz que lhe dizia: Saulo, Saulo, por que me persegues? Ele disse: Quem és Senhor? Respondeu o Senhor: Eu sou Jesus a quem tu persegues. Agora levanta-te, e entra na cidade. Lá te será dito o que te convém fazer." (ATOS 9:4-6); "Então pedro, cheio do Espírito Santo, lhes disse: Autoridades do povo, e vós, anciãos de Israel. Então eles, vendo a ousadia de Pedro e João, e informados de que eram homens sem letras e indoutos, se maravilharam, e tinham conhecimento de que eles haviam estado com Jesus." (ATOS 4:8, 13); "Disse-lhe então o anjo: Maria, não temas, achaste graça diante de Deus. Conceberás e darás a luz um filho, e pôr-lhe ás o nome de Jesus. Este será grande, e será chamado filho do Altíssimo. O Senhor Deus lhe dará o trono de Davi, seu pai. Ele reinará eternamente sobre a casa de Jacó, e o seu reinado não terá fim. disse Maria ao Anjo: Como se fará isto, visto que não tenho relação com homem algum? Respndeu-lhe o anjo: descerá sobre ti o Espírito Santo, e o poder do Altíssimo te cobrirá com a sua sombra. Por iss o ente santo que de ti há de nascer, será chamado filho de Deus. Disse, então, Maria: Eu sou a serva do Senhor. Cumpra-se em mim segundo a tua palavra. E o anjo ausentou-se dela." (Lucas 1:30-35, 38). Estes são apenas quatro dos muitos textos bíblicos que mostram um Anjo e a própria Divindade falando com seres humanos e notemos que sempre que um Ser Celestial fala com humanos, a pessoa que ouve, entende muito bem; especialmente no terceiro exemplo vemos Pedro cheio do Espírito Santo, falando com autoridades, ou seja, o Espírito Santo falando por intermédio de Pedro e tais autoridades que o ouvia, entenderam tão bem que ficaram maravilhados. Muito diferente do que ocorre nas igrejas contemporâneas em que se diz ter o dom do Espírito Santo manifesto em línguas estranhas que ninguém entende, nem mesmo quem falou. Outro ponto interessante é que também dizem que ficam fora de si quando recebem este suposto Espírito Santo, porém a Bíblia não diz isto em parte alguma, ao contrário, sempre que o legítimo Espírito Santo ou qualquer outro ser Divino falou com alguém ou por intermédio de alguém, este alguém permaneceu em total e sã consciência.
Em todo o Capítulo 14 de I Coríntios, Paulo trata deste assunto, porém a língua que ele refere neste texto é língua de povo, de nação, que pode ser traduzida (entendida), tanto que ele menciona "intérprete", como se lê nos versículos 27 e 28: "Se alguém falar em língua, faça-se isso por dois, ou quando muito três, e por sua vez, e haja intérprete. Mas se não houver intérprete, esteja calado na Igreja, e fale consigo mesmo e com Deus." Ao falar deste assunto, Paulo não dá muita ênfase ao dom de línguas e sim ao de profecia, pois alguém pode até pregar, antar ou orar em outra língua na Igreja, mas se não houver quem traduza, de modo que os ouvintes não entendam, que proveito tem isto? O dom que Paulo dá ênfase é o de profecia, vemos isto claramente nos versículos 4 e 22 respecivamente: "O que fala em língua edifica-se a si mesmo, mas o que profetiza edifica a igreja." e "De sorte que as línguas sao um sinal, não para os crentes, mas para os incrédulos; a profecia, porém, não é sinal para os incrédulos, mas para os crentes." Sobre o dom de profecia trataremos especialmente em outro momento.

Deus abençoe a todos!



REFERENCIA
Bíblia Thompson.

LEGENDAS
Citações bíblicas.
Citações bíblicas em que Deus fala.

32 comentários:

  1. Boa noite amigo, lendo aqui o seu artigo a respeito dos dons de língua ao qual VC mencionou aqui. 1" eu quero lhe dizer nunca ninguém que é batizado com o Espírito Santo fica fora de si, nunca!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. pois aqui em uma igreja vizinho da minha casa,nem foram batizados e falam línguas estranhas,fazem barulho,gritam,uma algazarra

      Excluir
    2. Pois eu já, quando se jogam no chão, quando batem uns nos outros, e quando obreiros ficam atrás das pessoas para não haver coisas piores. Quando o Espírito de Deus está em ação não age dessa forma, visto que as coisas concernentes do reino de Deus são com ordem e decência e não vemos isso nas igrejas atuais.

      Excluir
    3. Pois eu já, quando se jogam no chão, quando batem uns nos outros, e quando obreiros ficam atrás das pessoas para não haver coisas piores. Quando o Espírito de Deus está em ação não age dessa forma, visto que as coisas concernentes do reino de Deus são com ordem e decência e não vemos isso nas igrejas atuais.

      Excluir
  2. De fato! Quem recebe o ESPÍRITO SANTO, realmente não fica fora de si...

    ResponderExcluir
  3. Boa noite...
    Além de concordar com os comentários acima. Quero te perguntar algo; porque então nunca mais se ouviu falar nesse dom referido por ti, ou melhor, como Paulo afirma sobre intérprete, para que eu falaria em outro idioma na minha igreja, a quem eu edificaria?
    Confesso que não tenho o devido conhecimento para o assunto, mas o correto não seria afirmar todos entendiam o que os apóstolos falavam porque era o próprio espírito santo falando, por mais que essa língua fosse estranha?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Parte das tuas perguntas já estão respondidas no texto. Naquela ocasião a Igreja estava se formando e para alavancar o Cristianismo, o Espírito Santo concedeu este dom aos apóstulos, para que pregassem a todas aquelas pessoas de diferentes lugares e idiomas, afim de que estas se impressionassem, cressem na pregação e ao regressarem para suas respectivas regiões, retransmitissem a mensagem... suponhamos que na ocasião houvessem pessoas doentes em lugar de pessoas de diferentes nacionalidades, provavelmente o dom concedido seria o de cura em vez de línguas e possivelmente teríamos igrejas hoje pregando o dom de cura como batismo do Espírito Santo em vez do dom de línguas... percebe como é necessário ter cuidado ao considerar este assunto? O dom é concedido pelo Espírito Santo conforme a necessidade e a necessidade na ocasião do pentecoste era o de línguas, mas diversos são os dons concedidos pelo Espírito Santo...

      Excluir
    2. concordo com auxilio espiritual,pq falr em outra lingua ,se ao sair da igreja essas tais pessoas cheias do E.S. não saldão com paz o seu próximo, e a biblia deixa bem claro que o maior dos dons é o amor ,nada vivido pelos evangelicos .

      Excluir
  4. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. mas se vc analisar no dia de pentecostes existiam gente de todas as nacoes e todos entendiam o que os cristaos falavam. Entao as linguas estranhas mencionada seria linguas estrangeiras e.

      Excluir
    2. A unica funçao do dom de linguas ou idiomas é exclusivamente a disseminacao do evangelho conforme atos 2! Tentar ultrapassar esse entendimento nao faz sentido à luz da biblia!

      Excluir
  5. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os ultimos dias começam a partir do momento em que Jesus ascendeu aos ceus... Quando a biblia cita fogo, quer dizer poder, autoridade... Deus no pentecostes deu poder e dominio sobre varios idiomas, com o unico objetivo de disseminar o evangelho na terra! Sei que muitos pessoas citam experiencias que passaram ao se falar em "linguas de anjos", mas o evangelho nao deve ser baseado em emocoes repentinas, ou estados de inconsciencia! O Espirito Santo é manifestado naqueles que tem seus frutos: mansidao, dominio proprio, paz... Por isso nao nos enganemos com o que seja a manifestacao do espirito

      Excluir
  7. 1 Coríntios 14:2 Em Diante Porque O Que Fala Língua Estranha Não Fala Aos Homens, Senão A Deus ; Porque Ninguém O Entende, E Em Espírito Fala De Mistério Veja Bem Que Só Fala A Deus E É Em Mistério

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se observarmos todo o contexto de 1 corintios 14 entendemos que o que Paulo fala é que se eu falo em um idioma que os ouvintes nao conhecem apenas eu e Deus estamos entendendo, e ai a pregacao nao faz sentido! Paulo falou isso por ele era um exemplo pois falava varios idiomas! Ele continua dizendo que preferia falar 5 palavras que dessem pra entender do que falar mil em idioma desconhecido! Que possamos analisar todo o contexto pra entender o que o versiculo nos quer dizer

      Excluir
  8. Muito esclarecedor, nunca acreditei q falar em línguas estranhas nos dias de hoje seria um ato de Espírito Santo imediato.. sempre achei coisa do demo. Afinal ele faz coisas boas pra aparecer q é Deus q está fazendo. Ele se disfarça em anjo de Luz! Minha prima assim q se batizou logo começou a falar! Mais sei q ela é uma crente Mundana! Como Deus pode baixar Espírito Santo numa pessoa q prática coisas erradas nas escondidas ???? Nen ela mesma sabe comonisso acontecia, Falta de conhecimentos esse povo ai!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ô Bianca não chame de coisa de demônio, aquilo que é direcionado a Deus, pois a primeira coisa que os apóstolos e a receberam foram línguas como que de fogo e ai sim começaram a falar em outras línguas. Em I Co 14.2 diz que quem fala em línguas fala com Deus pois somente Deus entende, diz ainda que a pessoa edifica-se a sí mesmo. Agora se falar em línguas é falar em outro idioma vocês não batizados no Espírito Santo.

      Excluir
    2. Ô Bianca não chame de coisa de demônio, aquilo que é direcionado a Deus, pois a primeira coisa que os apóstolos e a receberam foram línguas como que de fogo e ai sim começaram a falar em outras línguas. Em I Co 14.2 diz que quem fala em línguas fala com Deus pois somente Deus entende, diz ainda que a pessoa edifica-se a sí mesmo. Agora se falar em línguas é falar em outro idioma vocês não batizados no Espírito Santo.

      Excluir
    3. QUEM DISSE QUE SER BATIZADO COM O ESPIRITO SANTO E FALAR EM LINGUAS ? VC ESTA MUITO ENGANADO !! A BIBLIA FALA DE FRUTOS. UMA ARVORE RUIM NAO DA FRUTOS BONS DEPOIS ELA FALA QUAIS SAO OS FRUTOS DO ESPRITO SE VC TEM TODOS OS FRUTOS CITADOS LOGO VC TEM O ESPIRITO SANTO EM SI ! O ESPPIRITO SANTO E CALMO E DE PAZ E NAO PRECISA DE GRTARIA E NEM DE CAIR NO CHAO ! QUEM TEM ESPIRITO SANTO TEM CONTROLE DE SI

      Excluir
  9. Muito esclarecedor, nunca acreditei q falar em línguas estranhas nos dias de hoje seria um ato de Espírito Santo imediato.. sempre achei coisa do demo. Afinal ele faz coisas boas pra aparecer q é Deus q está fazendo. Ele se disfarça em anjo de Luz! Minha prima assim q se batizou logo começou a falar! Mais sei q ela é uma crente Mundana! Como Deus pode baixar Espírito Santo numa pessoa q prática coisas erradas nas escondidas ???? Nen ela mesma sabe comonisso acontecia, Falta de conhecimentos esse povo ai!

    ResponderExcluir
  10. Pra q falar coisas q ninguém entende, melhor se calar, e orar baixo apenas.

    ResponderExcluir
  11. Boa tarde, meus caros irmãos referente a 1 Coríntios 14 eu entendo todos ele, o único versículo que eu consegui entender foi versículo "2" eu gostaria que alguém me explicasse referente a este versículo em particular. Deus abençoe a todos.

    ResponderExcluir
  12. Que Deus abençoe a sua vida Fernando Pereira.....é bem isso.....e que Deus abençoe também a vida de todos que comentaram!!!!!!

    ResponderExcluir
  13. mas em 1º Coríntios cap. 14 vers. 2 diz que quem fala em língua não fala aos homens e sim a Deus:pq ninguém o entende, e em espírito fala em mistérios. Já no vers. 4 diz que quem fala língua estranha edifica a si mesmo. E no vers. 5 Paulo diz que quer que todos falem em línguas estranhas.... Como explicar isso se a essa altura já havia se dado o dia de pentecostes?

    ResponderExcluir
  14. mas em 1º Coríntios cap. 14 vers. 2 diz que quem fala em língua não fala aos homens e sim a Deus:pq ninguém o entende, e em espírito fala em mistérios. Já no vers. 4 diz que quem fala língua estranha edifica a si mesmo. E no vers. 5 Paulo diz que quer que todos falem em línguas estranhas.... Como explicar isso se a essa altura já havia se dado o dia de pentecostes?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 1° lugar amigo esse verso quer dizer o seguinte: se eu falo mandarim num lugar que só falam português, e ali ninguem fala mandarim... na lógica vc ver! que pra eles o que eu falo é mistério, mas Deus sabe o que eu to falando; porem me edifico, pelo fato de dominar a lingua, ou seja eu sei que o q tofalando, mas os portugueses não. por tanto amigo se paulo falou que devo falar em linguas, ele quis dizer que devo aprender idiomas diferentes... e trabalhar na obra do evangelho... e se um japones vier falar no meio do grupo de portugueses tenha um que interprete... se lermos com atenção entenderão o que paulo quis dizer..

      Excluir
  15. GENTE, VCS N SABEM INTERPRETAR !!! ESTUDEM MAIS !!!

    ResponderExcluir
  16. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  17. Segundo a Bíblia, não é proibido o falar em "línguas". Esse assunto tomou tal proporção devido a bagunça que as pessoas faziam no culto. Hoje não é diferente. Isso é tão verdade que temos dificuldades de respeitar a forma que cada um cultua a Deus. Cara, se tu falas em línguas, parabéns que seja para sua edificação e glória de Deus; se tens o dom de interpretar, seja ele para edificação da igreja e glória de Deus! ficam aí tentando explicar uma coisa que não tem tanto a explicar. Devemos ser radicais no amor! vamos amar mais o nosso próximo falando em línguas ou não! vamos pregar mais a Palavra de Deus falando em línguas ou não!!!

    ResponderExcluir
  18. não proíba ninguém falar em línguas. cor

    ResponderExcluir
  19. Em Atos 2:1-11, Paulo ressalta o potencial dos apóstolos em alcançar NAÇÕES, tanto em idiomas quanto em culturas (Trazendo aos dias de hoje,seria levar o evangelho aos Brasileiros, Espanhóis, Ingleses, Italianos, etc. Mas também levar aos Índios, Católicos, Budistas, Espírita, Islã, etc.)
    A confusão sobre o famoso "retété", ou línguas estranhas que ninguém entende, nas igrejas de hoje, existe sim, porém muitos casos são falsos e forçados. Pois se uma pessoa não tem os frutos do Espírito (Galatas 5:23-24), não tem como expressar "os gemidos" citados em Romanos que só Deus entende.
    Romanos 8:26. Da mesma forma o Espírito nos ajuda em nossa fraqueza, pois não sabemos como orar, mas o próprio Espírito intercede por nós com gemidos inexprimíveis. 27. E aquele que sonda os corações conhece a intenção do Espírito, porque o Espírito intercede pelos santos de acordo com a vontade de Deus. - Bíblia

    ResponderExcluir