A VERDADE


 Muitos dizem que não existe verdade absoluta e outros dizem que tudo é relativo. A Bíblia apresenta a Verdade, mas que verdade será esta?
Consideremos o seguinte texto da Palavra de Deus: "Mas, quando vier aquele Espírito de verdade, ele vos guiará em toda a verdade; porque não falará de si mesmo, mas dirá tudo o que tiver ouvido, e vos anunciará o que há de vir." (JOÃO 16:13) reparemos que neste texto está dizendo que o Espírito guiará por toda a verdade, isto significa que verdade não só uma e sim algumas. Como podemos observar na gravura acima existem cinco colunas da verdade. Vejamos cada uma delas na bíblia...
 
1ª Coluna - "Mas o SENHOR Deus é a verdade; ele mesmo é o Deus vivo e o Rei eterno; ao seu furor treme a terra, e as nações não podem suportar a sua indignação." (JEREMIAS 10:10) aqui vemos que Deus o Pai é a primeira coluna da Verdade.
2ª Coluna - "Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim." (JOÃO 14:6) aqui vemos que o Deus Filho, ou seja, Jesus Cristo, é a segunda coluna da Verdade.
3ª Coluna - "Este é aquele que veio por água e sangue, isto é, Jesus Cristo; não só por água, mas por água e por sangue. E o Espírito é o que testifica, porque o Espírito é a verdade." (I JOÃO 5:6) aqui vemos que o Espírito Santo é a terceira coluna da Verdade.
4ª Coluna - "Santifica-os na tua verdade; a tua palavra é a verdade." (JOÃO 17:17) aqui vemos que a Palavra de Deus, ou seja, a Bíblia Sagrada, é a quarta coluna da Verdade.
5ª Coluna - "A tua justiça é uma justiça eterna, e a tua lei é a verdade." e "Tu estás perto, ó SENHOR, e todos os teus mandamentos são a verdade." (SALMOS 119:142 e 151) aqui vemos que a Lei, os Dez Mandamentos são a quinta coluna da Verdade.
 
Jesus disse: "E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará." (JOÃO 8:32) a pergunta é: libertar do quê? Libertar do pecado e de suas amargas consequências... contudo o simples fato de conhecer a verdade é insuficiente para libertar, pois Jesus fala sobre alguém que conheceu a Verdade toda e mesmo assim não foi liberto "Vós tendes por pai ao diabo, e quereis satisfazer os desejos de vosso pai. Ele foi homicida desde o princípio, e não se firmou na verdade, porque não há verdade nele. Quando ele profere mentira, fala do que lhe é próprio, porque é mentiroso, e pai da mentira." (JOÃO 8:44) Satanás conhece toda a Verdade, mas nunca se firmou nela, po isto não foi liberto. Portanto, além de conhecermos toda a Verdade é preciso nos firmarmos nela também, para sermos libertos; mas para nos firmarmos o primeiro passo é justamente, conhecer... "Ouvi a palavra do SENHOR, vós filhos de Israel, porque o SENHOR tem uma contenda com os habitantes da terra; porque na terra não há verdade, nem benignidade, nem conhecimento de Deus. Só permanecem o perjurar, o mentir, o matar, o furtar e o adulterar; fazem violência, um ato sanguinário segue imediatamente a outro. Por isso a terra se lamentará, e qualquer que morar nela desfalecerá, com os animais do campo e com as aves do céu; e até os peixes do mar serão tirados. O meu povo foi destruído, porque lhe faltou o conhecimento; porque tu rejeitaste o conhecimento, também eu te rejeitarei, para que não sejas sacerdote diante de mim; e, visto que te esqueceste da lei do teu Deus, também eu me esquecerei de teus filhos." (OSÉIAS 4:1-3, 6) mensagem pesada esta! Descreve a consequência de se afastar da Verdade, de não a querer conhecer.


 
REFERÊNCIAS
Bíblia Almeida Corrigida e Revisada Fiel.
 
LEGENDAS
Textos Bíblicos Contendo Palavras ditas por Jesus.
Textos Bíblicos.

5 comentários:

  1. A VERDADE, DA PALAVRA AMEM,UNS AOS,OUTROS,AMEM.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tua Palavra é a verdade e a verdade é uma lâmpada que nos ilumina e faz que recebemos o Espírito Santo que é também uma das colunas da verdade e faz com que andamos na verdade porque a Bíblia que contém a palavra de Deus Jesus disse que os meus mandamentos não são pesados e pela nossa obediência encontramos a igreja do Deus Vivo que é a coluna da verdade.(I-Tm 3.15)

      Excluir
  2. A GRANDE VERDADE BÍBLICA: A COMUNICAÇÃO ENTRE NÓS E OS ESPÍRITOS

    PUBLICADO EM 30/11/15 - 03h00
    A mediunidade, ou o dom espiritual de uma pessoa para servir de instrumento de ligação entre os espíritos e nós, existe desde que o mundo é mundo (1 Coríntios 12: 10); e ela, cada vez mais, vem sendo estudada em grandes universidades. Um fenômeno paranormal é mediunidade apenas quando há envolvimento de um ou mais espíritos.

    O espiritismo, que é também uma ciência empírica, experimental, nós poderíamos chamá-lo também – sem querer mudar seu nome –, de espiritologia, pois é uma ciência dos fenômenos que envolvem espíritos. E Kardec foi o primeiro cientista a estudar os espíritos e a mediunidade. Daí que se diz que seu famoso livro “O Livro dos Médiuns” é o primeiro manual de parapsicologia do mundo.

    A obra de Kardec, como ele disse, não é para destruir nenhuma religião, pelo contrário, é para fortalecer todas elas, pois defende a existência de Deus e comprova-nos que existe o espírito imortal. Com sua obra, pois, Kardec fortaleceu o espiritualismo e deu um golpe mortal no materialismo, além de acabar com muitas superstições. Por isso, Kardec acabou também com o conflito entre a ciência e as religiões para quem estuda a fundo o espiritismo. Os adversários dessa doutrina são pessoas que não a conhecem em profundidade ou têm interesses incompatíveis com ela a serem defendidos. E alguns de seus adversários são tão comprometidos com seus interesses materiais que fazem as mais absurdas interpretações da Bíblia para tentar manter suas ideias excêntricas e renegadas pela grande maioria das pessoas sensatas que buscam com seriedade, humildade e sinceridade a verdade. Por isso, eles vão ter que reencarnar muitas vezes, até que se libertem de suas ideias trevosas! Oremos por eles!
    O texto seguinte trata do nascimento de Sansão, cuja mãe era estéril. “Apareceu o anjo do Senhor a essa mulher e lhe disse: Eis que és estéril, e nunca tiveste filho; porém conceberás, e darás à luz um filho” (Juízes 13: 3). “Então a mulher foi ao seu marido, e lhe disse: Um homem de Deus veio até mim, cuja aparência era semelhante à de um anjo de Deus, tremenda; não lhe perguntei donde era, nem ele me disse seu nome” (Juízes 13: 6). E sabe-se, hoje, não só pela doutrina espírita, que anjos, mensageiros ou enviados (“aggelos”) são espíritos humanos de alto nível de evolução.

    Por ocasião da morte de Jesus, vários espíritos humanos apareceram a muitas pessoas que estavam em Jerusalém, confirmando-nos que, de fato, os espíritos dos mortos manifestam-se, realmente, a nós, espíritos encarnados aqui, no nosso mundo físico: “e, saindo dos sepulcros depois da ressurreição de Jesus, entraram na cidade santa e apareceram a muitos” (são Mateus 27: 53).
    Mais um caso bíblico de comunicação de espíritos que aparecem a nós, desta vez ao apóstolo Paulo: “À noite, sobreveio a Paulo uma visão, na qual um homem macedônio estava em pé e lhe rogava dizendo: Passa à Macedônia, e ajuda-nos” (Atos 16: 9).

    E a verdade de que os espíritos desencarnados manifestam-se a nós foi e é confirmada também por dezenas de cientistas do passado e atuais, entre estes, até dois de Prêmio Nobel: o inglês William Crokes, em 1919, e o francês Charles Richet, em 1913. E é por isso, e por ser a própria Bíblia um livro mediúnico, que o espiritismo tem crescido tanto!
    PS: Palestra “Famílias estelares”, com o terapeuta holístico Conrado Lopez, em 12.12.2015, às 15h, na Loja Rosacruz Belo Horizonte (Amorc), na avenida Portugal, 615, região da Pampulha.

    O que achou deste artigo?


    ResponderExcluir
  3. A GRANDE VERDADE BÍBLICA: A COMUNICAÇÃO ENTRE NÓS E OS ESPÍRITOS

    PUBLICADO EM 30/11/15 - 03h00
    A mediunidade, ou o dom espiritual de uma pessoa para servir de instrumento de ligação entre os espíritos e nós, existe desde que o mundo é mundo (1 Coríntios 12: 10); e ela, cada vez mais, vem sendo estudada em grandes universidades. Um fenômeno paranormal é mediunidade apenas quando há envolvimento de um ou mais espíritos.

    O espiritismo, que é também uma ciência empírica, experimental, nós poderíamos chamá-lo também – sem querer mudar seu nome –, de espiritologia, pois é uma ciência dos fenômenos que envolvem espíritos. E Kardec foi o primeiro cientista a estudar os espíritos e a mediunidade. Daí que se diz que seu famoso livro “O Livro dos Médiuns” é o primeiro manual de parapsicologia do mundo.

    A obra de Kardec, como ele disse, não é para destruir nenhuma religião, pelo contrário, é para fortalecer todas elas, pois defende a existência de Deus e comprova-nos que existe o espírito imortal. Com sua obra, pois, Kardec fortaleceu o espiritualismo e deu um golpe mortal no materialismo, além de acabar com muitas superstições. Por isso, Kardec acabou também com o conflito entre a ciência e as religiões para quem estuda a fundo o espiritismo. Os adversários dessa doutrina são pessoas que não a conhecem em profundidade ou têm interesses incompatíveis com ela a serem defendidos. E alguns de seus adversários são tão comprometidos com seus interesses materiais que fazem as mais absurdas interpretações da Bíblia para tentar manter suas ideias excêntricas e renegadas pela grande maioria das pessoas sensatas que buscam com seriedade, humildade e sinceridade a verdade. Por isso, eles vão ter que reencarnar muitas vezes, até que se libertem de suas ideias trevosas! Oremos por eles!
    O texto seguinte trata do nascimento de Sansão, cuja mãe era estéril. “Apareceu o anjo do Senhor a essa mulher e lhe disse: Eis que és estéril, e nunca tiveste filho; porém conceberás, e darás à luz um filho” (Juízes 13: 3). “Então a mulher foi ao seu marido, e lhe disse: Um homem de Deus veio até mim, cuja aparência era semelhante à de um anjo de Deus, tremenda; não lhe perguntei donde era, nem ele me disse seu nome” (Juízes 13: 6). E sabe-se, hoje, não só pela doutrina espírita, que anjos, mensageiros ou enviados (“aggelos”) são espíritos humanos de alto nível de evolução.

    Por ocasião da morte de Jesus, vários espíritos humanos apareceram a muitas pessoas que estavam em Jerusalém, confirmando-nos que, de fato, os espíritos dos mortos manifestam-se, realmente, a nós, espíritos encarnados aqui, no nosso mundo físico: “e, saindo dos sepulcros depois da ressurreição de Jesus, entraram na cidade santa e apareceram a muitos” (são Mateus 27: 53).
    Mais um caso bíblico de comunicação de espíritos que aparecem a nós, desta vez ao apóstolo Paulo: “À noite, sobreveio a Paulo uma visão, na qual um homem macedônio estava em pé e lhe rogava dizendo: Passa à Macedônia, e ajuda-nos” (Atos 16: 9).

    E a verdade de que os espíritos desencarnados manifestam-se a nós foi e é confirmada também por dezenas de cientistas do passado e atuais, entre estes, até dois de Prêmio Nobel: o inglês William Crokes, em 1919, e o francês Charles Richet, em 1913. E é por isso, e por ser a própria Bíblia um livro mediúnico, que o espiritismo tem crescido tanto!
    PS: Palestra “Famílias estelares”, com o terapeuta holístico Conrado Lopez, em 12.12.2015, às 15h, na Loja Rosacruz Belo Horizonte (Amorc), na avenida Portugal, 615, região da Pampulha.

    O que achou deste artigo?


    ResponderExcluir